Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sobre o site
O que você mais gosta do nosso site?
As fotos das galerias
As poesias premiadas
O concurso de poesias
Contribuições literárias
Tudo
Visito sempre
Visito pouco mas voltarei
Não voltarei mais
Ver Resultados

  • Currently 2.57/5

Rating: 2.6/5 (366 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página





Saudações!

 

Esse site foi criado para que as pessoas possam conhecer o evento literário POESIAS SEM FRONTEIRAS e o Prêmio Literário Marcelo de Oliveira Souza.

Esse nome foi escolhido pelo fato de que a poesia é a mais nobre arte de se expressar e de unir povos, a poesia não tem fronteiras, não tem idade, tampouco credo e preferências.

Nossos eventos sempre esmeram-se em unir povos e culturas, por isso sempre acolhemos  não só o poeta, mas os estrangeiros dos quatro cantos  do mundo e também os jovens.

Inserindo-os  no maravilhoso mundo literário, rompendo fronteiras e estreitando laços.

As inscrições sempre são democráticas, onde participam desde o estudante, o lavrador, até o médico, engenheiro, professor e outras tantas profissões, cumprindo o nosso excelso objetivo de unir, aglutinando diferentes culturas e pensamentos, enriquecendo ainda mais a literatura universal.

* Aceitamos doações de qualquer valor que poderá ser feita via correios ou por conta corrente, o número se encontra junto ao título do blog, é só entrar em contato para combinarmos.

Ajude o POESIAS SEM FRONTEIRAS, divulgando  esse site, a cultura agradece.

 

 

 Embaixador da Poesia, nomeado pela Academia Virtual de Letras Artes e Cultura, MG; Ganhador do Prêmio  Personalidade Notável  2014 em Itabira MG ; Membro   da IWA  International Weitters Artistis – EUA ; da Sociedade  Ibero-americana de Escritores, Espanha; da Academia de Letras de Teófilo Otoni MG; da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências RJ; da confraria de Artistas e Poetas pela Paz – CAPPAZ; da Associação Poetas Del Mundo; do Clube dos Escritores Piracicaba SP;  participa de vários concursos de poesias, contos,  publicações em jornais e revistas estaduais, nacionais e internacionais  sempre conseguindo ser evidenciado pelos seus trabalhos louváveis; colunista do Jornal da Cidade, Debates Culturais, Usina de Letras, entre outros. Organizador do Concurso Literário Anual POESIAS SEM FRONTEIRAS  e Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IWA.

e-mail:   marceloosouzasom@hotmail.com

facebook: psfronteiras

instagram: marceloescritor

Doações em qualquer valor:

Conta Corrente Bradesco

Agência 3679

Conta 5920-0

Em nome do autor do projeto

Marcelo de Oliveira Souza

 



Textos Vencedores do VIII Premio Esc. Marcelo ...

Textos Vencedores do VIII Premio Esc. Marcelo ...

 

 Textos Vencedores do VIII Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IwA

 

Menção Honrosa :   Paulo Roberto de Oliveira Caruso -   Niterói    -  RJ


Cidade: NITEROI
CEP: 24342-370
Estado: RIO DE JANEIRO

Biografia:

Dados: Servidor público do RJ. Administrador, advogado e estudante de Letras. Atual Presidente da Academia Brasileira de Trova e membro de outras Casas. Autor do livro Sonetos Diversos (2019).

Dados da Obra:

Enviado para: Prêmio Marcelo
Título: Soneto decassílabo à cara aurora
Texto:
Aurora de frescor e de arrepio,
eu quero agradecer-vos o carinho
que tanto demonstrastes no meu ninho
comigo e mi'a senhora: um doce frio!

Mostrastes-nos o mais ditoso cio
que a outonina  aurora deste Minho
pode ofertar, se vê no seu caminho
casal de amor intenso e sem vazio!

Gozastes vós! Chorastes vosso pranto
de um tênue garoar da neblinosa
estada de garbosa nebulosa!

Nem mil galáxias têm o vosso encanto
nem nada mais direi neste soneto,
pois vou morrendo em paz neste terceto...  

 

                      

Terceiro Lugar :  Rafaela Rosa de Oliveira Coelho   - Santa Cruz de Minas   - MG


Cidade: Santa Cruz de Minas 
CEP: 36328000 
Estado: MG 


Biografia: 

Dados: É Formada em Pedagogia pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e atua como professora na rede estadual de Minas Gerais desde 2013. Atualmente é aluna do curso de Letras e também do Mestrado em Letras na linha do Discurso e Representação Social pela mesma universidade. 

Dados da Obra: 

Enviado para: Prêmio Marcelo 
Título: Constatações 
Texto: 
A idade chegou e eu me tornei chata, ou melhor, "A Chata".
Deixei de aceitar qualquer tipo de situação que viole minha paz de espírito e meu direito de ser respeitada.
Estou evitando certos ambientes, comportamentos que já não me agradam mais e principalmente gente (mesquinha, grossa, mentirosa, racista, homofóbica, machista e sem empatia).
Parei de "dar soco em ponta de faca". Meu tempo aqui, seja no globo que gira ou na planície estacionária, está em contagem regressiva (e não se engane, o seu também). 
"Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura" é ditado para os jovens; eu não tenho mais tempo a perder. O ditado das balzaquianas (e aqui me incluo) é "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer".
Aprendi por experiência própria que nem sempre "onde há fumaça há fogo". Há muita gente mau caráter que semeia a discórdia, a calúnia e a difamação pelo simples prazer de ver a dor de um semelhante. Ou seja, quem ouviu só um lado da história, não conhece a história completa.
"Não ponho minha mão no fogo" por ninguém, pois a decepção vem de onde você menos imagina. Do latim "deceptio" (engano). Não há pior dor do que a de ser enganado  por alguém a quem se admira. 
Sonho! Sonho muito! Mas não crio expectativas, porque assim como a fotopotoca  é a mãe do meme, "a expectativa é a mãe da decepção". 
Olho minhas cicatrizes todos os dias. Elas me lembram  que o passado foi real e que até mesmo as coisas mais prazerosas da vida podem esconder alguns perigos. Afinal, até a Rosa mais bela tem acúleo (isso mesmo, espinho quem tem é laranjeira). É, tô chata mesmo!
E quanto ao amor? Não busco algo perfeito. Imperfeito, porém sincero. E "infinito enquanto dure". 
No fundo, tudo o que eu quero é sossego, boas amizades e diálogos saudáveis. 
Diante de qualquer coisa diferente disso, eu prefiro sim ser a chata!

 

 

Segundo Lugar: Maria Pinto da Silva -  Presidente Epitácio  -  SP

.  
Cidade: Presidente Epitácio
CEP: 19470-000
Estado: São Paulo


Biografia:

Dados: Maria Pinto da Silva. Nascida em 12/06/1964, na cidade de Inajá Paraná. Filha de Luiz Pinto da Silva e Amália Flores. Esposa, mãe e avó. Escreve poesia desde criança e amo essa arte.
Participou  de algumas antologias nos últimos anos.

Dados da Obra:

Enviado para: Prêmio Marcelo
Título: Poeta Sabe Pensar
Texto:
O doce mel da poesia
Que enquanto o poeta cria
Inunda seu coração.
Enchendo-lhe de pureza
Que mata qualquer tristeza
Na hora da inspiração.

Na face brota um sorriso
Ao se ver no paraíso
Nas asas da mente alada.
O coração pinotea
E o peito não desnorteia
Já tem a sina traçada

E em questão de segundo
Ele vem de volta ao mundo
Com o dever pronto na mesa.
Numa folha rabiscada
Uma poesia fabricada...
Eis ali sua riqueza!

Enche os olhos de alegria
Ao ver sua nova cria
Que acabou de nascer.
Filha da imaginação
Parida do coração
Que ele sonha ver crescer

Porque poeta é sonhador
Esperança, fé e amor
É o que leva no coração
Na tristeza ou na alegria.
O poeta faz poesia
De qualquer situação.

Ele liberta o que sente
De maneira inteligente.
Poeta sabe pensar
E que um dia alguém lhe veja
É o que ele tanto almeja...
Nunca para de sonhar.

 

Primeiro Lugar: Lúcia Betânia Bezerra Martins – Capanema -  PA

Lúcia Betânia Bezerra Martins


Biografia:

Dados: Biografia
Lúcia Betânia Bezerra Martins, brasileira nascida na cidade de Castanhal- Pará em 31 de agosto de 1971. Licenciada em Letras pela Universidade Federal do Pará e especialista em Língua Portuguesa (UFPA) e em Gestão escolar (UNAMA). Trabalha como professora de Língua Portuguesa e Produção Textual há 31 anos. Considera a poesia um alimento essencial para a alma, pois por meio da expressão dos sentimentos consegue dar ânimo à vida. Possui  textos publicados na comunidade Recanto das Letras, nas plataformas virtuais Escritores Eleutheros (Argentina), Alfred Asís/Isla Negra (Chile), nas páginas Trechos, Poesia Geométrica e no site Cartas para a Vida (Facebook e Instagran). Tem textos publicados na Antologia de Poesia e Prosa/VII Prêmio Literário e na Antologia "Poesia Sem Fronteiras"/XVI Concurso Literário "Poesias Sem Fronteiras" do Escritor Marcelo de Oliveira Souza, obtendo, nesta última, o 2º lugar. Participou do 3º Sarau Virtual/Dia da Consciência Negra da Revista Literária Inversos, obtendo o 3º lugar e ainda tem participação na Parada Obrigatória: Antologia de Prosa e Poesia/Celeiro de Escritores.


Dados da Obra:

Enviado para: Prêmio Marcelo
Título: A(MAR)
Texto:
O MAR me inspira a
A(MAR) a vida
Ani(MAR) os tristes
Extre(MAR) o perdão
Ru(MAR) para o futuro
Esti(MAR) a bondade
Acal(MAR) os aflitos
Entusias(MAR) os cansados
Do(MAR) o egoísmo
Subli(MAR) a simplicidade
Decla(MAR) o amor
Procla(MAR) a fé
Acla(MAR) a Deus
Fir(MAR) a paz
Refor(MAR) as atitudes
Transfor(MAR) o pensamento
Pre(a(MAR) antes de tudo
Ultr(a(MAR) além de tudo
Tudo é (MAR)avilhoso
Quando se aprende a(MAR).
Na imensidão azul do teu olhar
Desvendei o mistério do teu coração
Mergulhando no MAR da paixão.