Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sobre o site
O que você mais gosta do nosso site?
As fotos das galerias
As poesias premiadas
O concurso de poesias
Contribuições literárias
Tudo
Visito sempre
Visito pouco mas voltarei
Não voltarei mais
Ver Resultados

Rating: 2.5/5 (557 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





Saudações!

 

Esse site foi criado para que as pessoas possam conhecer o evento literário POESIAS SEM FRONTEIRAS e o Prêmio Literário Marcelo de Oliveira Souza.

Esse nome foi escolhido pelo fato de que a poesia é a mais nobre arte de se expressar e de unir povos, a poesia não tem fronteiras, não tem idade, tampouco credo e preferências.

Nossos eventos sempre esmeram-se em unir povos e culturas, por isso sempre acolhemos  não só o poeta, mas os estrangeiros dos quatro cantos  do mundo e também os jovens.

Inserindo-os  no maravilhoso mundo literário, rompendo fronteiras e estreitando laços.

As inscrições sempre são democráticas, onde participam desde o estudante, o lavrador, até o médico, engenheiro, professor e outras tantas profissões, cumprindo o nosso excelso objetivo de unir, aglutinando diferentes culturas e pensamentos, enriquecendo ainda mais a literatura universal.

* Aceitamos doações de qualquer valor que poderá ser feita via correios ou por conta corrente, o número se encontra junto ao título do blog, é só entrar em contato para combinarmos.

Ajude o POESIAS SEM FRONTEIRAS, divulgando  esse site, a cultura agradece.

 

 

 Embaixador da Poesia, nomeado pela Academia Virtual de Letras Artes e Cultura, MG; Ganhador do Prêmio  Personalidade Notável  2014 em Itabira MG ; Membro   da IWA  International Weitters Artistis – EUA ; da Sociedade  Ibero-americana de Escritores, Espanha; da Academia de Letras de Teófilo Otoni MG; da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências RJ; da confraria de Artistas e Poetas pela Paz – CAPPAZ; da Associação Poetas Del Mundo; do Clube dos Escritores Piracicaba SP;  participa de vários concursos de poesias, contos,  publicações em jornais e revistas estaduais, nacionais e internacionais  sempre conseguindo ser evidenciado pelos seus trabalhos louváveis; colunista do Jornal da Cidade, Debates Culturais, Usina de Letras, entre outros. Organizador do Concurso Literário Anual POESIAS SEM FRONTEIRAS  e Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IWA.

e-mail:   marceloosouzasom@hotmail.com

facebook: psfronteiras

Doações em qualquer valor:

Conta Corrente Bradesco

Agência 3679

Conta 5920-0

Em nome do autor do projeto

Marcelo de Oliveira Souza

 



POESIAS VENCEDORES 2014- II Pr Marcelo D O Souza

POESIAS VENCEDORES 2014- II Pr Marcelo D O Souza

 

 

 Menção Honrosa Internacional 

 

Imutavelmente

 

Breve é o passar,

efémero o viver,

dantesco o limiar

entre ganhar e perder.

………………………….

Sinto os punhos esgaçados

de tanto tentar,

tenho o corpo a sangrar

de tanto querer,

cerro as mãos calejadas

teimando ganhar,

arrasto o peito dorido

de tanto perder…

 

E as cicatrizes da alma

são traços da liberdade,

da glória de ser guerreiro

e artesão da felicidade.

 

E sinto no cansaço que tenho,

a calma de um orgulho tamanho.

 

Tui Tojeira

Marinha Grande, Portugal

 

Terceiro Lugarl

 

 

Angústia 

A inveja que ti cega
A mim envaidece

Há ódio que ti adoece
A mim favorece

A dor que ti lacera 
A mim se compadece

O amor que ti alegra
A mim completa

A loucura que ti alucina
A mim é humana

O beijo que ti emociona
A mim resplandece

O abraço que ti afaga
A mim acalenta 

As palavras que ti magoam
A mim são lições 

O vício que ti domina
A mim são obstáculos para transpor

A orações que pronuncias
A mim são súplicas eternas

O vento que ti incomoda
a mim são brisas frescas

A doença que ti desfalece
A mim são provações que me fortalece.

 

Helveti Saude Lacerda Golfete 

 

 

Segundo Lugar

 

SEREI MEMÓRIA 


Quando eu partir quero ser lida
Quando eu for meu inverso
Quero ser vida
Quando eu for letra mor
Quero ser verso
Quando eu for maior
Ser universo
Quando eu for frase
Almejarei um quarteto
Mudando de fase
Serei um terceto
Quando eu for soma
Serei um soneto
Quando eu for idioma
Serei línguas
Quando eu for história
Nas palavras findas
Denominadas lindas
Serei memória.

AUTORA: (Poetisa Cléo Alves)
Orlândia - São Paulo

 

 

PRIMEIRO LUGAR

 

CANTAM AS FLORES 
 
Cantam as flores
Em aromas perfumados
Com acordes encantados
E multicores
Cessam as dores
Do meu peito machucado
Se sentindo aliviado
De amargores
Meu coração
Bate forte e compassado
Cheiro de amor e saciado
De emoção
Numa canção
De suave melodia
Que acalma a ventania
Na imensidão
A alegria
Como um cavalo alado
Num voo livre e alucinado
Da poesia
Voa pro vão
Do recanto dos amores
E num jardim do chão
Cantam as flores.

 

 JUSMARIA DA CUNHA CARVALHO 

 

Mendonça - São Paulo