Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sobre o site
O que você mais gosta do nosso site?
As fotos das galerias
As poesias premiadas
O concurso de poesias
Contribuições literárias
Tudo
Visito sempre
Visito pouco mas voltarei
Não voltarei mais
Ver Resultados

  • Currently 2.57/5

Rating: 2.6/5 (366 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página





Saudações!

 

Esse site foi criado para que as pessoas possam conhecer o evento literário POESIAS SEM FRONTEIRAS e o Prêmio Literário Marcelo de Oliveira Souza.

Esse nome foi escolhido pelo fato de que a poesia é a mais nobre arte de se expressar e de unir povos, a poesia não tem fronteiras, não tem idade, tampouco credo e preferências.

Nossos eventos sempre esmeram-se em unir povos e culturas, por isso sempre acolhemos  não só o poeta, mas os estrangeiros dos quatro cantos  do mundo e também os jovens.

Inserindo-os  no maravilhoso mundo literário, rompendo fronteiras e estreitando laços.

As inscrições sempre são democráticas, onde participam desde o estudante, o lavrador, até o médico, engenheiro, professor e outras tantas profissões, cumprindo o nosso excelso objetivo de unir, aglutinando diferentes culturas e pensamentos, enriquecendo ainda mais a literatura universal.

* Aceitamos doações de qualquer valor que poderá ser feita via correios ou por conta corrente, o número se encontra junto ao título do blog, é só entrar em contato para combinarmos.

Ajude o POESIAS SEM FRONTEIRAS, divulgando  esse site, a cultura agradece.

 

 

 Embaixador da Poesia, nomeado pela Academia Virtual de Letras Artes e Cultura, MG; Ganhador do Prêmio  Personalidade Notável  2014 em Itabira MG ; Membro   da IWA  International Weitters Artistis – EUA ; da Sociedade  Ibero-americana de Escritores, Espanha; da Academia de Letras de Teófilo Otoni MG; da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências RJ; da confraria de Artistas e Poetas pela Paz – CAPPAZ; da Associação Poetas Del Mundo; do Clube dos Escritores Piracicaba SP;  participa de vários concursos de poesias, contos,  publicações em jornais e revistas estaduais, nacionais e internacionais  sempre conseguindo ser evidenciado pelos seus trabalhos louváveis; colunista do Jornal da Cidade, Debates Culturais, Usina de Letras, entre outros. Organizador do Concurso Literário Anual POESIAS SEM FRONTEIRAS  e Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IWA.

e-mail:   marceloosouzasom@hotmail.com

facebook: psfronteiras

instagram: marceloescritor

Doações em qualquer valor:

Conta Corrente Bradesco

Agência 3679

Conta 5920-0

Em nome do autor do projeto

Marcelo de Oliveira Souza

 



POESIAS DOS VENCEDORES 2020

POESIAS DOS VENCEDORES 2020

 

 

 

Quarto Lugar:

 

Paulo Roberto da Silva  

Cidade: Bauru/SP 


Biografia: 

Dados: Paulo Roberto da Silva, nascido em 19.10.1958 em Bauru/SP. Mestre em Serviço Social e Especialista em Recursos Humanos. Participou de diversas antologias/coletâneas e possui quatro livros solo. Ex-integrante do Grupo Teatral Dante Alighieri e atuou em diversas peças teatrais e na década de 80 participou de duas produções cinematográficas. Membro da Academia de Letras Sociedade dos Poetas Virtuais, Cadeira 49, Patrono: Rodrigues de Abreu. 

Dados da Obra: 

Enviado para: Concurso Poesias sem Fronteiras 
Título: MULHERES MERECEDORAS 
Texto: 
MULHERES MERECEDORAS

Márcia Mércia Marcelina
Mulheres modestas maravilhosas
Magníficas majestosas maiores
Meigas maternais mágicas
Modernas meticulosas maestrinas
Magnânimas ministram mundo
Maleáveis moderadas metódicas
Merecedoras múltiplas monumentais
Melodiosas manifestam maravilhas
Motivadas meditam mudanças
Muitos movimentos maturidade
Meritórias merecem mimos
Maviosas marcam méritos
Musas marquesas manequins
Minuciosamente mencionam mediação
Mensuram menção monumental
Minhas melodias maiorais
Menestréis misericordiosas metamorfoseiam
Meigas menosprezam mentiras
Multíplices minuciosas mensageiras
Marcantes melhorias multidimensionais
Meninas mulheres misteriosas
Manobram materializam monopólios
Meritíssimas monitoram ministram
Momentaneamente multiplicam metodologias
Mentalidade maleável modelam
Mobilizam mecenas metodicamente
Merecidamente modificam missivas
Magnéticas marcham moderadamente
Moderadoras merecem magnólias.

...


Terceiro Lugar:

 

Eduardo Flávio Jacob  

Cidade: ARAXÁ / MG

Biografia: 

Dados: Nasceu dia 19 de dezembro de 1976, na cidade de Araxá- MG. Trabalhou como entregador de móveis na loja Magazine Luiza (Primeiro emprego aos 15 anos), mecânico(Maxdiesel mercedes-bens), laboratorista(Laticínios Letícia), técnico em química(Atelpe análise de solos), Pesquisador Estagiário( Arafértil ) operador de produção sênior( flotação, metalúrgico,etc CBMM em Araxá-MG). Muito dedicado aos estudos formou-se em Química, Administração de empresas, engenharia civil, inglês e espanhol, além de vários cursos de especialização. Segundo filho do casal Maria Madalena Santos e Dali Jacob, duas irmãs: Adriana (mais velha) e Luciene (mais nova). Casado com Fabiana Ribeiro Jacob, e pai de Bernardo Ribeiro Jacob. OBRAS: Versos não enviados I e II, Contos, páginas da timidez, aparências diárias, jazida de versos, Livro arbítrio, Escre-vida, Resmungo, ,Abster-se, 100 nexo, pergaminho, A horta, livro seguinte, jirau. Concursos literários e antologias: Primeiro lugar duas vezes no concurso de Engenharia: resistência e desenvolvimento de cálculos de Pontes de macarrão do Centro universitário do planalto de Araxá (Estabelecendo e Batendo o record). Coletânea conto Brasil volume 2- 2019, Prêmio Poesia Agora Primavera 2018, Prêmio Poesia Agora Inverno 2018, Prêmio Poesia Agora outono 2018;  Prêmio Poesia Agora Verão 2018; VIII Coletânea do Século XXI 2018; V Viagem pela Escrita 2019; IV Coletânea Viagem pela Escrita 2018;  Vozes de Aço 2018;  Vozes de Aço 2017; Sarau Brasil 2018, Poesia  Livre 2018,Prêmio Poetize 2018, Concurso Nacional Novos Poetas CNNP 2018; Concuro  Flor de  Ipê  da UFG; Concurso Nacional Novos Poetas CNNP 2017;  Coletânea Imortais ll 2018;  Coletânea; Coletânea Internacional Pietá 2019; CNNE, Concurso Nacional Novos Escritores 2019

 

 

 

Imortal

 

E o mortal, olhos à  espreita

Em crer indefinidamente

 Para no fim, iluminar tudo

De uma luz imortal e transcendente.

                       

Minha alma imortal,

Cumpre da vida a loucura

 Seja em vendaval

Ou em uma noite escura

 

Imortalidade, secreto escondido,

Risonho, lúcido, vidente…

Abandonar o sujo ao bem lavado,

O sátiro da cura luz pendente

Abrir os olhos, ao fechá-los

Para o eterno silêncio dos Espaços

E no silêncio sepulcral sentir-se o imortal.              

 

 

 

 SEGUNDO LUGAR: 

 

 Lúcia Betânia Bezerra Martins 


Cidade: Capanema PA

Biografia: 

Dados: Lúcia Betânia Bezerra Martins, nasceu em 31 de agosto de 1971 na cidade de Castanhal - Pará - Brasil. Licenciada em Letras e Artes pela UFPA , com especialização em Língua  Portuguesa: Uma Abordagem Textual, além de uma outra especialização em Gestão Escolar pela UNAMA. Trabalha na empresa Rede Preciosina de Educação há 31 anos como professora de Língua Portuguesa e Produção Textual. Também trabalha pela Rede Estadual de Educação (SEDUC/PA) há 28 anos. Considera a poesia uma expressão da arte e dos sentimentos que revelam o interior do ser humano através da construção escrita em que as palavras são instrumentos envolvendo a subjetividade. 

Dados da Obra: 

Enviado para: Concurso Poesias sem Fronteiras 
Título: O nascer da poesia 
Texto: 
Entrelaçando-se palavras e sentimentos 
Nasce, então, a poesia
Um corpo, uma alma cheia de fantasia 
O regozijo atávico é salutar
A quem essa arte aprecia 
E com veemência pode se deleitar
Diante de tamanha primazia
A poesia é senhora dos visionários 
Amante dos que se permitem sonhar
Não pretere assunto nem ninguém 
Apenas deseja acolhida e repouso 
No coração de quem sabe amar.


Ao nascer, a poesia traz ânimo e vigor
Dom de ver a vida com sabor
Socorre o necessitado diante de sua dor 
É cura, é bálsamo, é beleza, é flor
É contentamento aos desanimados
Paz e esperança aos desesperados
Luz que reverbera na escuridão
Dos que caminham na solidão.
A poesia surge da alma
É um exímio remédio que nos acalma
E assim como todas as manhãs nasce o sol
Nasce a  poesia resplandecendo 
o amor que existe dentro de nós.


PRIMEIRO LUGAR:

 

Gabriel Ribeiro Eleodoro 


Cidade:Rio de Janeiro RJ


Biografia: 

Dados: 1° lugar no I Concurso de Poesias do Colégio Estadual Olinto da Gama Botelho, com a poesia "Um Miró Dentro de Nós".- 1997

ANTOLOGIAS IMPRESSAS:

Sonhos Ao Vento, vol. 1 (poesias e crônicas com diversos autores) FAETEC-2004

V Prêmio Literário "Escritor Marcelo de Oliveira Souza" (poesias e prosas com diversos autores) Editora Sucesso. São Paulo-SP/ 2017

Poesias Transbordantes (poesias com diversos autores) Editora Palavra Viva. Salvador-BA/2018

Intercâmbio de Emoções (poesias e contos com diversos autores) Editora Palavra Viva. Salvador-BA/2018

O Amor Vencerá (poesias e contos com diversos autores) Editora Palavra Viva. Salvador-BA/2019


ANTOLOGIAS VIRTUAIS

Homenagem a Charles Baudelaire (diversos autores/ org. de Freddy Asis-2018)

Family (diversos autores/org. de Freddy Asis-2018)

Qué Pasa Contigo, Venezuela? (diversos autores/org. de Freddy Asis-2018)

Concurso "Vers Asis" 2019 (diversos autores/org. de Freddy Asis) 

Dados da Obra: 

Enviado para: Concurso Poesias sem Fronteiras 
Título: HÁ UM CLAMOR 
Texto: 
Há um clamor por todo o mundo.
O mundo sofre com as tribulações.
Ora é a crueldade, ora são as perseguições;
e muitas vezes, não há razões.

Há um clamor por todo o mundo.
Muito choro e tristeza.
O mundo esgotou com toda a riqueza!
Hoje, a gente vê indiferença e frieza.

Há um clamor por todo o mundo.
Em alguma coisa, o mundo precisa crer.
Uma luz no fim do túnel, precisa ver.
Que a miséria chegou ao auge,
o mundo precisa reconhecer!

Há um clamor por todo o mundo.
A gente tem que fazer a nossa parte,
antes  que tudo seja tarde,
pois Deus não nos deu um espírito covarde.

Há um clamor por todo o mundo.
Deus, escute esse clamor!
O mundo foi tomado pelo terror!
Que haja uma saída, ninguém pode supor.

Deus, que o mundo clame somente a Ti!
Que ele  saiba, que estás aqui!
Que todos os pecados, possas perdoar.
E o Caminho que ofereces, ele possa encontrar.

Quem desejar ser avisado sobre o nosso próximo evento, é só enviar uma mensagem para marceloosouzasom@hotmail.com

 

Marcelo de Oliveira Souza,IwA

2x Dr. Honoris Causa em Literatura

instagram: marceleocritor